quinta-feira, 28 de julho de 2011

Comemoração do Dia Mundial do Aleitamento Materno

Dia Mundial to Materno2011 (2)

terça-feira, 26 de julho de 2011

Viagem Medieval, no Recanto dos Infantes

"A USF Terras de Santa Maria vai estar presente em conjunto com a Associação Milagre de vida na próxima Viagem Medieval, no Recanto dos Infantes, com conselheiras da Amamentação para partilhar saberes e experiências". “ Promover o Aleitamento Materno na recriação da Idade Média”

"A importancia da amamentação vai para além da mera troca de elementos nutricionais entre a mãe e o seu filho.

O acto de amamentar é também uma relação humana herdada culturalmente, influenciada pela familia e submetida ao meio social, inserindo uma complexidade própria que transcende o aspecto nutricional e ultrapassa a díada Mãe-filho.

A próxima edição da Viagem Medieval em Santa Maria da Feira recria o reinado de D. Afonso Henriques, o nosso primeiro rei, que viveu em plena Idade Média. As mulheres deste período tiveram a vantagem de viverem uma cultura particularmente encorajadora da amamentação e com “nutrizes” (amas-de-leite) experientes que prestavam ajuda à nova mãe. Desta época resssalta-se o distanciamento que existia entre a mãe biológica e a criança e a forte ligação desta às amas-de leite pelos fortes vínculos emocionais que o processo estabelecia"

"Amamentar um acto de amor" encontra todo o artigo aqui ou no Jornal Terras da Feira

A Boneca Lili

Era uma vez uma boneca muito bonita!
O seu nome era LIli.
Tinha olhos cor do mel, muito meigos e brilhantes! Eram muito lindos!

Os cabelos pretos e compridos que a Lili gostava muito de enfeitar com fitas e flores.
Tinha uma boquita muito vermelha, parecia um coração e estava sempre a sorrir!

A Lili era muito vaidosa. Gostava de vestir uma saia rodada com três folhos, um de cor amarelo, outro de cor laranja, e o outro de cor verde.
A camisola era verde com muitas flores coloridas.

A Lili adorava contar aos meninos e meninas, coisas da sua vida de boneca. Quase sempre começava assim:

Olá eu sou a Lili!
Sou uma boneca muito crescida e forte, sabem porquê?
Porque quando era bebé mamei leitinho das maminhas da minha mãe! O leite da mamã é o melhor alimento que uma criança pode receber nos primeiros 6 meses de vida. Por isso estou muito forte, saudável e crescida!

Cresci tanta que quando os meus pais pensavam que eu ainda nem me mexia nada, eu já rebolava…

Pouco depois já me sentava, gatinhava… gatinhava que me fartava!

E, logo, logo, os meus pais andavam por ali sempre a dizer “só, só Lili, só, só Lili.
Então eu dei-lhes uma grande alegria, até bateram palminhas! A sério!!!
Sabem porquê? Porque me pôs de pé!

Depois cai, levei muitos beijinhos, e voltei a pôr-me de pé. Depois dei uns passinhos e ganhei mais palminhas!

Rapidamente comecei a andar sozinha, toda contente!

Os meus pais estavam sempre preocupados porque eu punha-me de pé, apoiando-me em qualquer objecto que estivesse na minha frente!
Eles assustavam-se e muitas vezes ralharam comigo, porque era preciso ter cuidado! Era, era!
Sabem porquê?
Porque passado algum tempo, já subia as cadeiras, os sofás, as escadas… Mas eles não me deixavam sozinha…

Mas eu, comecei a explorar a casa e ainda gosto muito de explorar os armários da cozinha, do quarto, todos os que posso, porque é muito divertido….

Os meus pais é que não gostam nada, preocupam-se muito com a minha segurança, então colocaram-se de gatas e andaram por toda a casa a descobrir os perigos que existiam.

Depois tap
aram os buraquinhos todos, puseram coisas nas portas, nas janelas, nas escadas em tudo aquilo que parecia divertido...
Eles dizem:
- Agora a casa está mais segura, livre de perigos.

Todos na minha casa se preocupam com a segurança, dizem que se não forem tomadas as devidas precauções, a aventura de crescer pode ter consequências não desejadas e mesmo muito graves.

...continua